Press "Enter" to skip to content

Bolsonaro posa ao lado de Marcelinho com camisa do Corinthians e revolta torcida do Timão

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) posou com a camisa do Corinthians ao lado do ex-jogador Marcelinho Carioca, nesta quarta-feira (29). O vídeo tornado público pelo site Meu Timão revoltou torcedores da equipe que ficou conhecida, nos anos 1980, por abrigar a “democracia corinthiana”. O presidente é palmeirense e foi alvo de vários protestos puxados, recentemente, pela torcida organizada Corinthians Antifascista.

Bolsonaro posa ao lado de Marcelinho Carioca. Foto: Reprodução/Youtube

O encontro aconteceu em Brasília, no gabinete no Palácio do Planalto. No vídeo, Marcelinho ressalta que é democracia o presidente do Brasil usar a camisa do Corinthians mesmo sendo assumidamente torcedor do Palmeiras. Recentemente, Bolsonaro viralizou ao dizer em uma live que não usaria o manto do Timão. Marcelinho Carioca ainda manifesta apoio à nova Medida Provisória (MP) do futebol, assinada em junho.

“Nação corinthiana, está aqui ó. O nosso presidente, Jair Messias Bolsonaro com a camisa do Coringão. Isso é democracia. Isso é defender a MP do futebol, isso é valorizar o futebol feminino #respeitaasminas. Você vê? Isso que é lindo! É palmeirense, mas ele quer que todos os clubes tenham a liberdade de fazer os seus jogos, poder trazer os craques de futebol de volta para o nosso país e abrilhantar o futebol. Presidente, que honra o senhor me receber aqui”, diz o ex-jogador no vídeo.

Leia também: Canarinhos x Gaviões

Não demorou para que as críticas começassem nas redes sociais. Muitos corinthianos demonstraram frustração por ver um ex-atleta do clube ao lado de Jair Bolsonaro. Marcelinho Carioca tentou ingressar na política mais de uma vez entre os anos de 2010 e 2018. Ele se candidatou a deputado federal em 2010 e vereador em 2012 pelo PSB; a deputado estadual em 2014 pelo PT; e a vereador em 2016 pelo PRB. Não conseguiu o intento.