Press "Enter" to skip to content

5 livros para ler na quarentena

Compartilhe
Os 5 livros sugeridos para ler na quarentena abordam a temática da pandemia (Foto: Reprodução)

O isolamento necessário para evitar a disseminação do novo coronavírus serviu como estímulo para que autores e editoras tirassem seus projetos da gaveta. Listamos aqui 5 livros escritos durante a pandemia como sugestão para ler na quarentena. Todos cabem em um fim de semana. Dá para começar a leitura na noite de sexta-feira acompanhado de uma taça de vinho e terminar na manhã do domingo com uma caneca de café. Dá pra ler numa só ‘sentada’, e até para maratonar os cinco de uma vez.

Em A cruel pedagogia do vírus (Boitempo, 50 páginas, ebook, R$ 5), Boaventura de Sousa Santos apresenta um ensaio com questionamentos extremamente pertinentes a respeito dos abismos sociais ampliados a partir da pandemia. Referência em obras consagradas ligadas aos Direitos Humanos, o autor aproveita para demarcar seu posicionamento político.

Este livro reproduz o aclamado artigo de Yuval Noah Harari publicado na revista Time, em que o autor traz um ensaio político duro e direto ao ponto acerca das responsabilidades dos chefes de Estado na condução do enfrentamento à covid-19. Na batalha contra o coronavírus, faltam líderes à humanidade (Companhia das Letras, 24 páginas, ebook, gratuito) aponta a carência de líderes que pensem nas condições sociais de forma ampla.

Das cinco sugestões, esta é a única de ficção. Com Sobreviventes: contos sobre uma pandemia que parou o mundo (publicação independente, 68 páginas, ebook, R$ 15) Phelipe Caldas apresenta um respiro artístico cheio de beleza, recheado de diversos elementos deste novo cotidiano sob distanciamento social. Apesar de ser ficcional, o autor solta em um dos contos um grito contra a extrema direita ao expor os crimes praticados no Brasil durante a ditadura militar.

Considerado um dos maiores pensadores indígenas da atualidade, Ailton Krenak confronta as relações de consumo e a preservação do meio ambiente em O amanhã não está à venda (Companhia das Letras, 22 páginas, ebook, gratuito). Na obra, Krenak também levanta questões sobre a falsa promessa de ‘volta à normalidade’.

Extremamente didático. Parece uma aula de ciências para adultos, como se aquele conteúdo aprendido na escola estivesse sendo apresentado novamente. Mas, desta vez, trazendo o cenário atual da pandemia da covid-19 como pano de fundo. Como os vírus e as pandemias evoluem (HarperCollins Brasil, 31 páginas, ebook, gratuito) é uma bandeira hasteada contra a desinformação. Vale até mandar para os familiares que distribuem fake news por meio de aplicativos de mensagens.